Sites Grátis no Comunidades.net
Crie seu próprio Site Grátis! Templates em HTML5 e Flash, Galerias em 2D e 3D, Widgets, Publicação do Site e muito mais!

 Estruturas Metálicas




2. Flambagem

     

      Flambagem, na prática, corresponde ao fenômeno de peças esbeltas se deslocarem transversalmente à linha de ação de força da força aplicada. Isso ocorre quando a força aplicada atinge um valor superior ao da carga crítica.

 

09

Flambagem de uma estrutura simples engastada. Fonte: DIAS (1997).

 

          Esse tipo de flambagem, como mostra a figura acima, é a mais usual e ocorre nas barras submetidas à compressão axial. É conhecido por flambagem de flexão ou flambagem de Euler e ocorre em pilares metálicos e de concreto.

       Outro tipo de flambagem que ocorre quase que exclusivamente nas vigas metálicas é a flambagem lateral das vigas. Ela é fundamental para o cálculo das vigas metálicas não continuamente travadas, isto é, que não tem o seu deslocamento lateral impedido. Supondo uma viga metálica de seção transversal “I” com deslocamento lateral desimpedido,submetida a um carregamento distribuído ou concentrado, ela flete, gerando compressão na mesa superior e tração na mesa inferior. Quando a mesa superior for sujeita a uma carga superior ao da carga crítica por compressão, a mesa tende a flambar por flexão. Porém, como a mesa superior está ligada pela alma à mesa inferior, esta interfere no deslocamento da mesa superior, resultando em um movimento composto de: “deslocamento lateral (flexão lateral), rotação (torção) da seção da viga e empenamento (a seção deixa de ser plana após a deformação)” (DIAS, 1997).

 

10

Flambagem lateral de vigas. Fonte: DIAS (1997).

 

        Para evitar a flambagem nas estruturas, principalmente nas esbeltas, deve-se proceder ao aumento da seção transversal da barra ou alterar a sua vinculação. Também se pode evitar esse problema reduzindo o comprimento da flambagem por travamentos, levando a soluções estruturais mais econômicas do que mudar a seção transversal ou a vinculação.

        Outros tipos de flambagem particulares aos pilares das estruturas metálicas são:

 

- flambagem por torção: característica dos pilares de seção cruciforme. Quando as quatro chapas flambam por flexão, simultaneamente e no mesmo sentido, ocorre a flambagem por torção da seção.

 

11

Flambagem por torção. Fonte: DIAS (1997).

 

- flambagem por flexo-torção: característica das seções esbeltas em forma de “L” ou “U”, corresponde ao resultado simultâneo das flambagens por torção e por flexão.

 

12

Flambagem por flexo-torção. Fonte: DIAS (1997)

 

 

 

Criar um Site Grátis   |   Crear una Página Web Gratis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net